Quem topa um desafio aí?

postsfaceboodiogo_semana1_11-2016_01-1

Vamos juntar 10% da nossa renda durante 3 meses? Talvez seja a primeira vez que você faz isso ou você já tentou várias vezes e nunca conseguiu. Queria te falar um pouco sobre como poupar dinheiro sem sofrer e entrar neste desafio com você. #Tamojunto?

Poupar dinheiro sem sofrer  é o X da questão pra muita gente. A primeira coisa que eu garanto é: poupar é um hábito. Começa como obrigação e depois vira automático. Quando você vence o primeiro mês e vê que você é capaz, vira algo prazeroso, eu te garanto.

O primeiro passo é decidir poupar. . Ao receber seu salário, separe pelo menos 10% e a trate esta economia como se fosse uma despesa, “gaste” ela aplicando no banco (aqui não interessa onde aplicar, vale até na poupança). O outro segredo é você definir um objetivo. Defina o que você quer fazer com a quantia final e veja quanto você terá separando esta quantia por mês para alcançar esse objetivo. Te garanto que estes 10% vão ficar fácil daqui há 3 meses. Quando você conseguir a primeira “coisa” com um dinheiro que foi poupado para tal, você vai se sentir motivado a poupar cada vez mais. Gastar dinheiro é sempre um estímulo, gastar depois de conseguir juntar é um estímulo ainda maior, até porque com dinheiro à vista você conseguirá bons descontos no mercado atual.  Você precisa ter o sentimento de estar “se pagando” ou pagando algo que você realmente quer como um tratamento estético, ortodôntico, um videogame, qualquer coisa que não esteja dentro dos planos, mas que você queira muito. Encare como uma prestação que você paga a si mesmo.

Outra opção é programar transferências automáticas na sua conta bancária, para outra conta ou para um investimento. Assim você tem que economizar.  Tenha em mente um objetivo de longo prazo, como a poupança para aposentadoria ou emergências, e outra para seu sonho de consumo mais próximo, como uma viagem por exemplo. Programe essa transferência para o dia seguinte do pagamento do seu salário, assim, esse valor passa a ser debitado da conta como se fosse para pagar uma conta de água ou qualquer outra despesa.

E uma última dica, guarde esse dinheiro em um lugar onde a retirada seja difícil. Se não, você pode acabar usando esse dinheiro para outra finalidade em um momento de empolgação. Procure uma alternativa de aplicação que não tenha resgate imediato.Lembre-se: Poupar é mais importante do que investir! Vamos começar?

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.