O mau do parcelamento

PostsFacebooDiogo_Semana2_08-2016_01-1

Muitas pessoas se enganam com a “vantagem” de parcelar uma compra, pensando em ter o produto de imediato e não pesar no orçamento final daquele mês, uma vez que o valor total será pago em “suaves” prestações. Em alguns casos isso funciona sim como, por exemplo, na compra de um imóvel (falei sobre isso recentemente) e até mesmo de um carro.

O que é importante que você entenda é que de maneira geral, parcelar uma conta é um mau negócio. Em muitos casos, você acaba gastando mais do que poderia porque “dá conta” de pagar a parcela. Às vezes o produto nem dura tanto e você ainda está pagando por ele.

Outra desvantagem são os juros. Você pode acabar pagando muito mais caro do que se comprasse à vista (e ainda poderia brigar por um desconto). Tem gente que parcela porque não tem juros, mas já perguntou se você pagar à vista tem desconto? Dá na mesma! Sem contar que se você não se planejar, pode ser que uma parcela te “derrube”. Muita gente parcela tanta coisa, que uma ou outra pode passar batido, ir acumulando juros e isso vira uma bola de neve.

Existem coisas que não fazem sentido serem parceladas. A comida é um exemplo. Você parcela uma compra de supermercado hoje, mas mês que vem precisa fazer de novo. Gasolina é outro exemplo. Existem coisas que vamos sempre precisar comprar ou repor. Parcelar esse tipo de compra não te isenta de ter que comprá-las novamente em um período curto de tempo.

Então, não tem outro jeito senão se organizar e planejar suas finanças para o dinheiro render o máximo possível. Se precisar de ajuda, conte comigo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.