Ganhar mais faria diferença?

 

A primeira resposta que vem na cabeça de todo mundo é: claro que faria! Se eu ganhasse mais, poderia ter uma qualidade de vida melhor, viajar mais… e por aí vai.

Mas será que o problema está mesmo relacionado ao tanto que você ganha? A questão é, se você ganhar mais, você vai conseguir poupar mais? Vai conseguir resolver suas pendências financeiras ou vai só gastar mais e querer cada dia mais?

O grande problema de muitos de nós é acharmos que ganhamos pouco. Claro que um dinheirinho a mais não faz mal a ninguém, mas não é esse ponto que estou tratando. O que eu quero que você reflita com esse post, é como anda sua organização financeira… Atendo pessoas que ganham um salário mínimo e que são mais organizadas do que pessoas que ganham fortunas e vivem endividadas. E aí? O problema está no quanto você ganha ou no quanto você gasta? Se hoje você recebesse um aumento, você estaria preparado para lidar com uma quantia maior de dinheiro? Conseguiria poupar, investir, administrar melhor suas despesas ou gastaria tudo aumentando seu padrão de vida? Esse é o ponto que gostaria que vocês refletissem.

Existem pessoas que ganham um aumento mínimo e já querem trocar de casa, de carro, viajar… isso é possível? Sim. Mas não porque você ganhou mais e sim porque você se planeja para fazer tais coisas. Entendam que há diferença!

Não se queixe do quanto ganha. Faça do seu salário uma quantia ideal para conseguir viver com ele. Trabalhe. Estude. Procure aumentar seus rendimentos. Isso é bom, saudável e não tem problema algum. Só não se esqueça de se preparar para lidar com quantias maiores em relação ao que você ganha hoje. Não deixe o dinheiro te escravizar. Seja você o senhor dele e usufrua de seus benefícios.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.