Dólar alto X Enxoval. Vale a pena?

PostsFacebooDiogo_Semana1_06-2016_01-5

Hoje em dia é muito comum pessoas guardarem dinheiro para investir em compras no exterior. Quando o assunto é enxoval, seja de noivas ou de bebês, a prática está cada vez mais recorrente. E tem gente se questionando se mesmo com a alta dólar, se vale a pena ou não.

De imediato te respondo: vale a pena sim! Vamos falar especificamente no caso dos bebês, mas a ideia central de se planejar vale para as noivas também. Fiz uma pesquisa recente e vários especialistas em compras no exterior afirmam que compensa, especialmente porque nos Estados Unidos existem vários produtos que ainda não estão à venda no Brasil. Sem contar que, se o dólar sobe, os produtos importados no Brasil ficam mais caros ainda.

Claro que tudo passa pelo planejamento. Você precisa colocar na ponta do lápis tudo que você precisa e pretende comprar, a fim de fazer pesquisa de preços. Nem tudo vale a pena trazer. Existem produtos que você pode comprar no Brasil pelo mesmo preço, em contrapartida, um carrinho de bebê e os bebês-conforto, por exemplo, podem sair por bem menos da metade do preço nos EUA. Tudo precisa ser considerado: o preço das passagens, qual seria o valor final de todos os produtos se adquiridos no Brasil  e por aí vai. Você vai ver que se você organizar suas finanças para viajar, vai ficar mais em conta. Ainda mais se você tiver seguido meu conselho sobre milhas e conseguir viajar sem pagar a passagem (já viu meu posto sobre milhas no cartão de crédito?).

Roupas também compensam muito. Enquanto um body básico no Brasil sai por R$35 reais, você encontra o mesmo por US$3, mesmo com o dólar a 3,40 reais,  é uma economia de praticamente 25 reais.

Existem várias empresas que podem te auxiliar na hora das compras. Vale a pena usar a internet para pesquisar tudo! Peça indicação às suas amigas e mães que já fizeram esse tipo de viagem. Algumas empresas até oferecem estadia gratuita para pais em compras de enxoval no exterior. Pesquise. Pegue dicas. Não saia comprando tudo só porque “está barato”. Foque nos itens que você precisa, vasculhe as lojas, procure promoções. Você pode economizar muito e ainda viajar.

Na hora de pagar, o ideal é que se tenha o dinheiro em cash, mas como nem sempre dá pra pagar tudo de uma vez, considere no seu planejamento a taxa de IOF do cartão de crédito (6,38%) e não se esqueça que o valor final será cotado em cima do valor do dólar no dia de fechamento da fatura. Dica: alguns bancos já possuem uma operação de compra de dólar no cartão de crédito, você ganha os pontos das milhas e não sofre com a flutuação do câmbio.

E antes de embarcar, confira o valor limite de isenção de impostos para compras feitas no exterior no site da Receita Federal, em alguns países você recebe de volta todo o imposto que pagou nas suas compras, o reembolso disso pode te surpreender!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.