4 dicas para se livrar do efeito dominó:

postsfaceboodiogo_semana2_10-2016_01-4

Você já ouviu falar do “efeito dominó”, não é? De alguma maneira, você consegue estabelecer alguma ligação entre esse efeito e sua vida financeira? Se a resposta for sim e você estiver sob esse efeito, a situação está “feia”. Pode ser que o pagamento do mínimo do cartão de crédito ou ficar sem pagar uma conta e deixar acumular os juros, são as causas mais comuns para gerar dívidas e mais dívidas até chegar em um ponto que você não consegue controlar. É aí que tudo desmorona.

Da mesma forma que todas as peças de dominó ficam vulneráveis à queda da primeira, o que acontece com as dívidas é bem parecido. Separei quatro dicas que vão te ajudar a sair dessa:

  1. Assuma sua situação e recupere o controle!

Se você entrou nessa situação é porque perdeu o controle em algum momento. Faça uma lista do que esta pendente, dos atrasos, valores, coloque em ordem de prioridade para quitação (considere as dívidas com juros mais altas prioritárias).

  1. Pague suas dívidas!

Parece óbvio, sei que não é fácil, mas não é isso que todo mundo faz.  Corra atrás de maneiras para negociar o que pode ser negociado, tirar juros e comece quitando as parcelas atrasadas com maiores juros e em seguida as que estão atrasadas a mais tempo.

  1. Pague suas dívidas regularmente!

Depois de quitar os atrasos, é hora de se organizar para pagar em dia as dívidas que estão para vencer. Reduza ao máximo seus gastos, coloque na planilha (já baixou a disponível no meu site de graça?), preveja o que está por vir e separe a grana para pagar as contas que você sabe que vão chegar.

  1. Evite novas dívidas!

É aquilo, gastar menos do que ganha. Gastar menos do que ganha. Gastar menos do que ganha! Repita isso até você conseguir colocar em prática. Mude seus hábitos, tente juntar dinheiro para pagar à vista e não use mais o cartão de crédito até que você tenha total controle da sua vida financeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.