3 motivos para você fazer uma consultoria de finanças pessoais

  1. Se você sente que está “nadando, nadando, mas vai morrer na praia” ou não consegue sair do lugar financeiramente;
  2. Se você está apenas sobrevivendo à crise, deixou de sonhar, de fazer planos para o futuro e até perdeu a esperança em relação as suas finanças;
  3. Se você não sabe qual o melhor tipo de investimento ou sente que está aplicando de forma errada e poderia fazer seu dinheiro render mais:

Você precisa de uma consultoria.

A verdade é que tem muita gente querendo acertar na vida financeira, mas ainda não consegue se organizar, e quando o assunto é grana, só boa intenção não é o suficiente, é preciso orientação e disciplina. Além disso, um consultor pode te dar uma ajudinha. Ele (no caso, eu), sou responsável por ajudar na elaboração do planejamento das suas finanças, com base em uma análise de suas fontes de renda, despesas e fluxo de despesas. E claro, estabelecer metas para que seu dinheiro renda mais.

Todo mundo precisa de consultoria? Eu ousaria dizer que sim. Pessoas que não estão ligadas ao mercado financeiro, que não estão cem por cento antenadas à questões de finanças pessoais, por mais que tenham conhecimento, podem potencializar seu resultados com a ajuda de um profissional em um menor espaço de tempo. E digo mais, a consultoria não é só para situações emergenciais. É também para educação financeira, para saber lidar com situações positivas, em casos de quem tem muita grana e não sabe como aplicá-la da melhor forma, por exemplo.

Agende um horário: diogoesuagrana@gmail.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.